"mal ele imaginava"

lali love 

Mal ele imaginava,

como ela desejava sofregamente a sua boca.

 

Sentir aquele lábio carnudo, húmido e saboroso

que a deixava perdida de desejo

de sentidos apurados.

 

Queria sentir o seu odor corporal, único

cravado na sua pele

já quase assumido como seu.

 

O toque aveludado da sua pele, 

sensível e delicioso,

capaz de viciar qualquer boca.

 

Os cabelos divertidamente desalinhados 

que gostava de sentir na ponta dos seus dedos, 

no seu peito, no seu sexo.

 

 

Ele não sabia

o quão desejável era para ela.

 

O que a fazia querê-lo, ainda com mais desejo,

paixão, cada minuto que passavam juntos.

 

Nos mesmos minutos

ela fazia secretamente 

a contagem decrescente para o fim

qual bomba relógio  

pronta a explodir 

no seu peito.

 

 

E ele mal imaginava, o seu Fim.